quinta-feira, 28 de julho de 2011

Há dias sem esperança

Este foi um desses dias, o vento soprava  forte e as probabilidade de eu ir fazer uma pescaria eram mínimas, como estava cheio de vontade de estar próximo da água falei com o Raul para fazer uma pescaria a pateira de Fermentelos, mas as más companhia me levaram a outros pesqueiros, 2 ou 3 telefonemas chegaram para saber que as coisas andavam muito más, e que a melhor opção seria mesmo a pateira, mas a teimosia de uns e a amizade falaram mais alto...

Chegando ao pesqueiro a decepção era grande, o vento, a cor da água e a maré não me agradavam, as opções eram poucas, decidimos pescar. ao fim de poucas horas de pesca já todos tinham capturados exemplares sem valor desportivo ou comercial e eu nem isso, essa noite estava destinada a mais um lindo encontro com o mar e com os amigos.

A troca de amostras eram constantes porque não tinha esperança em nenhuma, era mesmo um daqueles dias sem inspiração. Numa dessas opções volto e meter delalande power shady vermelha que algumas alegrias me tem dado, nessa altura do campeonato já  tinha experimentado todas as amostras que levei e já devia estar na segunda ou terceira volta, reflexo do meu desconforto com toda a situação.

Alguns lançamentos efectuados e sinto a amostra presa, mas não era pedra, o Raul rapidamente se pronuncia ... "estava a ver que hoje não livravas a grade", mas a cana estava a dar pancadinhas ao de leve e digo eu "olha que é um robalo", nesse instante surge um arranque fulminante... mais ninguém disse mais nada... todos sabiam o que estava ferrado, nesse instante todos se preocuparam em recolher o material para não atrapalhar, 4 ou 5 corridas foram mais do que suficientes para lhe começar a ver a cor e mais um mergulho restou para por termino a uma luta curta, sinonimo de um carreto algo apertado um pouco abaixo do limite para o power pro 0,19 que usava na altura e de uma luta que nunca ultrapassou os 3 ou 4 metros de distancia.

O Raul prontificou-se logo a ir cobrar o peixe, mas na primeira tentativa e a poucos centímetros da água...plof...corvina no chão....onde é que eu já vi este filme com um final menos feliz, mas a segunda foi de vez , passado poucos segundos lá estava eu com a menina nos meus braços, quem diria...

Nas horas seguintes estava eu ainda sentado a queimar fotos contra o meu troféu e a dar algum ânimo aos meus companheiros que infelizmente não tiveram a mesma sorte, recordo-me de dar algumas opiniões ao Pedro sobre quais seriam ao meu ver os melhores spots. Ainda no local pedi ao Raul para pesar a corvina mas dava erro devido a exceder os 9.500gr de limite da balança, em casa confirmei o que já esperava, 11.500gr de corvina, pescada com uma borrachinha e com uma cana que não aguente um sargo kileiro. 

Dizem os sábios e reformados pescadores que só posso ter tido muita sorte, e eu respondo, claro que sim e o dia que nem me estava a correr nada bem.



Foto a stôr




Cana: NBS athlete 3.0
Carreto: Shimano Symetre 4000 FJ
Linha: Power pro 0,19
Amostra: Delalande Power Shady vermelha
Cabeçote: Delalande 28gr

23 comentários:

  1. Amigo Zé,
    Que belo peixe! Na 2ª foto, não sei quem é que tem a boca maior. eheheheheh PJ

    Abraço e saudações piscatórias

    ResponderEliminar
  2. Zé mais uma vez muitos parabéns pela captura.
    não deixa de ser um bicho de respeito, mas ao menos vê lá se não escorregas heheheehhe...

    1abraço

    ResponderEliminar
  3. Olá zé
    Que belo troféu para mais tarde recordar
    parabens

    ResponderEliminar
  4. Great catch. A very beautiful fish !

    Well done. I wish you even greater catches!!!

    ResponderEliminar
  5. Boas Zézão,

    já tinha ouvido dizer....

    Que tinhas passado aqui na lota da Nazaré..... heheheheh

    Grande bicho, sim senhor ;)

    Dá-lhe gás!

    Abr, Matos

    ResponderEliminar
  6. olá matos, a nazaré tem uma lota que é um luxo...hehehhe

    ResponderEliminar
  7. olá Raul, mas ao menos não me ouviste dizer "AGARRA-ME" hehehhe

    ResponderEliminar
  8. Viva Zé!

    Belo e bem merecido exemplar!

    Os meus sinceros parabéns!

    Abraço

    Ernesto

    ResponderEliminar
  9. Ola Ze!

    Grande bicho...parabens por esse peixito! ehehehe

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  10. Ó Zé, grande noite coroada com esse trofeu. Na pateira não existe nada disto. Tinhas que ir à minha terra para veres o que é pesca.
    Parabéns e abraço.

    ResponderEliminar
  11. olá Ernesto.
    se é merecido ou não....não sei...mas este já cá canta...

    1 grande abraço

    ResponderEliminar
  12. grande ninja,
    lá andas tu com os peixitos..hehhe

    1 abraço

    ResponderEliminar
  13. ho Stôr
    viseu é uma grande terra..hehehhehe

    ResponderEliminar
  14. Alô Ze!
    Porra apanhas poucos, mas tb kuando te toca alguma coisa ñ fazes por menos, 11 Kg vai lá vai, parabéns Zé, é merecido, fico contente por teres apanhado esse bicho :)
    Abraço

    ResponderEliminar
  15. olá pedro... este correu bem, eu tambem fico contente ;) heheheh

    1 abraço

    ResponderEliminar
  16. Zé mais uma vez parabéns!!!
    São uns peixes muito bonitos e bastante combativos...

    Tasko

    ResponderEliminar
  17. apesar de não responder aos demais porque não me colocaram pontualmente nenhuma questão, quero agradecer a todos os que por aqui passam e deixam as suas mensagens.

    1 abraço

    ResponderEliminar
  18. Boas Zé, grande bicho sim senhora os meus parabéns.
    É caso para dizer que deves ir sempre sem esperança para a pesca,imagina se tens ido com esperança hehehe.
    abraço

    ResponderEliminar
  19. olá rebolo..
    pois se calhar passo a ir quando não veja condições nenhumas.... heheheh

    ResponderEliminar
  20. SUPERRRRRR nices pictures :)) Thank you :))!!

    ResponderEliminar
  21. hi FAKO

    thank you for your comment

    ResponderEliminar